Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Pensamento do dia (de uma grande mulher)!

por antipulhítico, em 05.05.18

A 2 de fevereiro de 1905 nasceu em S. Petersburgo a filósofa e
escritora americana Alissa Zinovievna Rosenbaum, mais conhecida como
Ayn Rand, falecida em Março de 1982 em Nova York. Ficou famosa esta
frase dela, que se aplica como uma luva ao que vivemos em Portugal nos
dias de hoje:

"Quando te deres conta de que para produzir necessitas obter a
autorização de quem nada produz, quando te deres conta de que o
dinheiro flui para o bolso daqueles que traficam não com bens, mas com
favores, quando te deres conta de que muitos na tua sociedade
enriquecem graças ao suborno e influências, e não ao seu trabalho, e
que as leis do teu país não te protegem a ti, mas protegem-nos a eles
contra ti, quando enfim descobrires ainda que a corrupção é
recompensada e a honradez se converte num auto-sacrifício, poderás
afirmar, taxativamente, sem temor a equivocar-te, que a tua sociedade
está condenada. “



AYN RAND (1950)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D